ET'S: O grande medo do Rafa

Poucas pessoas tem coragem de admitir algumas coisas em público, eu sou uma delas. Tanto que meus últimos posts estão se tornando cada vez mais pessoais.
Hoje falarei do medo doentio que alimento desde a infância para com Extraterrestres.

Mas Rafa, eles são tão bonitinhos, verdinhos e amiguinhos!
Vai tomar no toba!

Desde quando isso é fofinho?
ET Feio Pacaraio

Acho que meu medo doentio tem uma explicação, só poder ser essa, não tem outra.
Vamos voltar lá em 1993, sim eu tinha três anos de idade. Como vocês sabem, sempre fui guri de apartamento, sabe daqueles que joga bolita em carpete? Então.
Como toda boa criança que precisa gastar energia, eu tinha o meu jeito. Saia correndo que nem um doido pela casa, tava sempre correndo e parava repentinamente na frente da TV.
Em uma dessas, estava eu correndo com meu cavaleiro do zodiaco na mão quando ouvi o pessoal na sala assistindo TV. Beleza, saí correndo pra sala pra ver o que estavam assistindo.
Nessa época todo mundo me odiava por parar na frente da televisão, eu chegava correndo e parava bem na frente.
Acho que já dá pra imaginar o que aconteceu. Cheguei correndo na sala, parei na frente da TV pra quê?
Sabe o filme do Steven Spielberg, ET – O Extraterrestre? Então, tava passando a propaganda dele, anunciando que iria passar na TV. (tenho certeza que era na Globo).
Só que, quando parei pra olhar estava bem na parte que ele se assusta, estica o pescoção e berra.
Agora imagine uma criança entrando em desespero profundo de tanto chorar de medo. Multiplique por dois e você tem o meu estado naquela hora.

Lógico que eu tentei assistir o filme por livre e espontânea pressão da minha mãe, para que eu pudesse perder o medo. Doce ilusão, nunca mais dormi de luz apagada, porta aberta ou sozinho. Até hoje.

Deixa eu explicar melhor. Pouco tempo depois disso, o SBT resolveu exibir um seriado sobre extraterrestres, eu lembro que era do SBT por causa da voz do cara que faz as propagandas. Numa noite tranqüila eu acordo e olho pra televisão que fica sempre ligada, daí passa o anúncio com o cara dizendo: Você acredita em extraterrestres? Pronto, mais um tempo sem dormir direito e medo de ir ao banheiro no meio da noite sozinho. Toda vez que passava esse anúncio eu sentia algo queimar no meu peito, sério.
Sem contar nos meus primos que se aproveitavam do meu medo para me assustar. Já fui trancado em um quarto escuro com um boneco de pano na cama com uma máscara do ET. Desnecessário dizer que quase morri de verdade. (tenho trocentas doenças respiratórias, incluindo asma.)

Mas o tempo passou e a vontade de saber mais sobre isso só aumentou. Alimento uma espécie de medo e curiosidade, sou aficionado em ufologia. Comprava inutilmente aquele monte de revistas UFO que só me enganaram até hoje, pesquisava sobre isso quase todos os dias. O curioso é que eu só consigo ler isso durante o dia, durante a noite eu evito olhar para as gavetas onde eu tenho tal material.

Mas Rafa, pra quê tanto medo?
Não sei, sinceramente não sei.

Já pensou em se tratar?
Já.

E?
Ainda não fui.

Meu medo é simplesmente ver um na minha frente, sei lá o que aconteceria, acho que ficaria completamente travado de tanto pavor. Por ser algo ainda desconhecido não sei o que pode aparecer. Vai que aparece o Clô, sempre desconfiei que ele fosse um extraterrestre.

Chega por hoje, meu medo já foi exposto demais.
Morram.

Anúncios

Publicado por

Rafael Ramos

Escrevo umas paradas na internet.

2 comentários em “ET'S: O grande medo do Rafa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s